Tratamentos

Osteopatia


A Osteopatia é uma especialidade fundamentada no conceito de que todas as partes e sistemas do corpo humano funcionam de maneira integrada.

É uma forma de tratamento que se preocupa, inicialmente, em descobrir as causas dos sinais e sintomas do paciente, para depois tratar as suas consequências, com o objetivo de restabelecer a função diminuída ou perdida. Isso significa dizer que a Osteopatia é uma abordagem causal, e não sintomática.

Após o paciente ser examinado e diagnosticado, são aplicadas técnicas viscerais, cranianas e funcionais de alongamentos, mobilizações e manipulações. Resumindo, é um tratamento manual não invasivo, que diminui os efeitos colaterais indesejáveis.

Após a alta do osteopata, o paciente pode ser encaminhado para fazer musculação, pilates, drenagem linfática ou massoterapia com o objetivo de manter ou mesmo reforçar os ganhos com o tratamento.

Indicações:

  • Ortopedia: Lombalgias, dores ciáticas, escolioses, lesões do trabalho;
  • Patologias desportivas: Entorses, tendinites;
  • Pediatria: Refluxo gastro esofágico, sinusite;
  • Gastroenterologia: Hérnia de hiato, gastrite;
  • Neurologia: Cefaleias, insônias, hérnia de disco;
  • Angiologias: Alteração da pressão arterial, insuficiência circulatória;
  • DTM: Distúrbio Têmporo Mandibular e suas alterações.